Detido em Vila do Conde por capturar aves

O Comando Territorial da GNR do Porto, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Matosinhos, deteve, no dia 13 em flagrante um homem de 61 anos por captura ilegal de aves, no concelho de Vila do Conde.

No âmbito de uma ação de fiscalização, os elementos do NPA detetaram o suspeito no momento em que efetuava a captura de aves com recurso a uma rede, a um chamariz eletrónico e a três rádios que emitiam sons semelhantes a pintassilgos, Carduelis carduelis, culminando na sua detenção em flagrante.

No seguimento da ação policial foi possível apreender também vário material ligado a esta atividade ilícita, como binóculos, rede, autorrádios, chamariz, baterias e pilhas, mochila e bolsa a tiracolo com quatro cabos de áudio.

No decorrer da ação foram ainda resgatados dois pintassilgos, que foram entregues no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia, para observação e posterior libertação ao seu habitat natural.
Os factos foram comunicados para o Tribunal Judicial de Vila do Conde.

A Guarda relembra, em nota de imprensa, que quem capturar espécies não cinegéticas, com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, incorre num crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegética e é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 100 dias.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter