Crianças maiatas imaginam um território sustentável em 2050

imagem de arquivo

 

No âmbito do Projeto SPARCS – Sustainable Energy Positive & Zero Carbon Communities, que pretende apresentar soluções inovadoras – tendo como temas centrais a neutralidade carbónica e a positividade energética -, o Município da Maia desafiou os alunos a refletirem sobre a Visão da Maia a 2050.

A iniciativa decorre numa parceria da autarquia com o Centro Escolar do Corim, que integra o Agrupamento de Escolas de Águas Santas.

Neste contexto, o Município recolheu as declarações da visão das crianças para 2050, que consiste na construção de uma visão da Cidade mais sustentável a 2050, num processo co-criativo e colaborativo envolvendo a comunidade e atores chave locais.

Esta ação vem também aprofundar o trabalho já iniciado no âmbito do BaZe – Living Lab Maia.

 

Vídeo elaborado pela Câmara da Maia com as crianças que participaram no projeto:

 

 

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter