Crianças e jovens sentem que não têm voto na matéria e que a sua opinião não conta – Inquérito

Foto de Arquivo PM

 

Perto de 80% das mais de 9 mil crianças e jovens que responderam à consulta nacional “Tenho Voto na Matéria”, da Unicef, nunca deu a sua opinião sobre o sítio onde vive ou quando deu não foi tida em conta.

Estes e outros dados são conhecidos hoje quando forem apresentados os resultados da consulta nacional “Tenho Voto na Matéria”, realizada pela Unicef Portugal, e que quis saber o que pensam, sentem e desejam as crianças e jovens para as suas comunidades.

A consulta nacional decorreu entre 15 e 26 de setembro de 2021, através de um inquérito `online` de sessões de discussão, de norte a sul do país e ilhas, e ao qual responderam 9.306 crianças e jovens de todos os distritos do país, com idades entre os seis e os 18 anos.

“A grande maioria das crianças e dos jovens consultados não se sente envolvida nas decisões sobre o lugar onde vive ou, quando consultados, sentem que as suas opiniões ou sugestões não têm consequência ou impacto nas decisões”, lê-se no documento com os resultados, a que a Lusa teve acesso.

Efetivamente, 76% das 9.306 crianças e jovens manifestaram que nunca ou raramente deram a sua opinião sobre o local onde vivem, enquanto 80% diz mesmo que quando deram a sua opinião esta de pouco serviu e não teve influência no que foi decidido.

“Os resultados, validados pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião, da Universidade Católica, vêm demonstrar que, apesar de não votarem, crianças e jovens estão disponíveis para se envolver”, refere a Unicef.

Já no que diz respeito ao que as preocupa, “ficou evidente que as crianças e os jovens querem ser envolvidos e existem assuntos, em particular, que os preocupam relacionados com o seu bem-estar”.

“A saúde mental (20,8%), a discriminação (16%), a internet e as redes sociais (11,6%) surgem nos resultados como as três principais preocupações das crianças e dos jovens nas respostas ao inquérito `online`”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter