Centro de Artes Náuticas de Vila do Conde comparticipado em cerca de 750.000€

Centro de Artes Náuticas de Vila do Conde comparticipado em cerca de 750.000€

Foi assinado o contrato de financiamento do Centro de Artes Náuticas de Vila do Conde.

A cerimónia decorreu no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa e juntou a vereadora Rita Freire, a secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, o subdiretor-geral da Direção-Geral do Património Cultural e a diretora da Unidade Nacional de Gestão dos EEA Grants, o fundo comunitário.

O projeto resulta de uma candidatura ao abrigo do Programa Cultura, financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu EEA Grants 2014-2021.

Destina-se à salvaguarda e revitalização de Património Cultural Costeiro.

O Centro de Artes Náuticas é um projeto de grande complexidade, que visa a reabilitação do edifício da Antiga Seca do Bacalhau, transformando-o num polo museológico. Para além da componente de reabilitação, onde se incluem os estendais da seca do bacalhau, o projeto conta com diversas ações que visam a promoção de um património maior de Vila do Conde: a construção naval de madeira. Este projeto conta também com vários parceiros locais, nacionais e dois internacionais.

O Centro de Artes Náuticas foi uma das seis candidaturas financiadas pelos EEA Grants Portugal, num total de 28 candidaturas, tendo sido aprovado um financiamento de 749.978,04€, num máximo de 750.000€.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter