Câmara de Vila do Conde anunciou que vai a casa dos confinados recolher voto antecipado

Câmara de Vila do Conde anuncia que Elisa Ferraz vai ser notificada para legalizar a moradia
Paços do Concelho

Numa nota onde explica o procedimento geral do voto antecipado em mobilidade para as eleições legislativas, a Câmara Municipal de Vila do Conde anuncia que vai a casa do cidadão confinado recolher o voto antecipadamente.

No Município de Vila do Conde, as mesas de voto antecipado em mobilidade (dia 23) vão estar nos seguintes locais:

– Edifício da Câmara Municipal – Praça Vasco da Gama, Vila do Conde;

– Edifício do Posto de Turismo – Rua 25 de Abril, Vila do Conde;

– Edifício da Junta de Freguesia de Vila do Conde – Av. Artur da Cunha Araújo, Vila do Conde;

– Edifício da Escola EB1 de Vila do Conde (Escola dos Correios) – Rua Dr. António Andrade, Vila do Conde.

Os eleitores que se encontram em confinamento obrigatório, no âmbito da Pandemia Covid-19 e, por esse motivo, estão impedidos de se deslocar à assembleia de voto no dia 30 de janeiro, poderão votar antecipadamente, desde que a medida de confinamento tenha sido decretada pelas autoridades competentes e que o domicilio registado no sistema de doentes Covid-19 se situe na área geográfico do concelho onde se encontra recenseado”, explica a autarquia.

Entre os dias 20 e 23 de janeiro, deverão requerer o exercício de voto antecipado à Administração Eleitoral da Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna através de registo na plataforma de voto antecipado.

Entre os dias 25 e 26 de janeiro, em dia e hora a combinar, uma equipa indicada pelo presidente da Câmara Municipal, desloca-se à morada onde o eleitor se encontra em confinamento para que possa exercer o seu direito de voto”, lê-se na comunicação da Câmara de Vila do Conde.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter