ÁGORA Bienal de Arte Contemporânea da Maia 2021 de 11 de setembro a 19 de outubro

A arte inunda a Maia entre 11 de setembro e 19 de outubro. O evento vai contemplar xxposição, intervenções no espaço público, mostras de vídeo e criações digitais para a web, rádio e televisão, performance, concertos entre outras.
A Bienal da Maia vai chegar ao Fórum da Maia, Jardim Central da Maia, ruas da cidade, web e televisão.
ÁGORA, projeto artístico comissariado pelo curador José Maia para a Bienal de Arte Contemporânea da Maia 2021, reúne em volta da ideia grega de ágora propostas de 72 criadores e coletivos artísticos de diferentes gerações, geografias, áreas e práticas artísticas.
ÁGORA _ Bienal de Arte Contemporânea da Maia 2021 sublinha a emergência do florescimento de lugares de comunhão nas nossas cidades, no país, no imaginário transcultural.
As obras apresentadas convocam a História, a memória, a documentação e o arquivo, a identidade, e exploram as relações entre arte e comunidade, arte e ativismo, arte e trabalho, arte e investigação, arte e educação.
Nestas novas e desafiantes representações simbólicas e experiências estéticas dos anos 20 do nosso século adiantam-se possibilidades de paisagens e imagens que nos permitem entrever o encontro da cidade com as suas comunidades, idear a partilha do bem comum e do espaço público, testemunhar novas direções culturais e políticas, num compromisso de atuação, no presente, com o futuro.
A inauguração da exposição no Fórum da Maia e na cidade acontece dia 11 de setembro, às 17h00.
Às 18h00 tem lugar um concerto performance de Ana Deus, no Jardim Central
Pelas 19h00, acontece a Performance-concerto de Rodrigo Paglieri. E às 19h30, a Performance jantar pelo Coletivo Café CCOP.
Para as 20h00, está agendado o Concerto de O Gringo Sou Eu.
Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter